João Alves

Em boa hora alguém iniciou este movimento. A bem da nossa classe, espero que o nosso Bastonário e a sua equipa aceitem o repto para continuarem a dirigir os destinos da nossa Ordem.

Numa época que se antevê mais problemática, as suas qualidades de líder, já reveladas nos anteriores mandatos, serão decisivas para levar a “bom porto” a medicina dentária portuguesa. Força Orlando!!

Médico dentista, cédula profissional nº 202.